11 Outubro, 2017 16:24

ADH promove palestra sobre Envelhecimento Saudável

A Agência de Desenvolvimento Habitacional do Estado do Piauí (ADH-PI), por meio da sua Gerência de Serviço Social, promoveu, nesta quarta-feira (11), a palestra “A Saúde e a Qualidade de Vida para o Idoso”, que teve como ministrante a gerontóloga Clélia Reis Damásio.
 
De acordo com a palestrante, o processo de envelhecimento faz parte do ciclo natural da vida, sendo influenciado tanto pelo estilo de vida, quanto por fatores genéticos. “Uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas, por exemplo, são medidas importantes para auxiliar um envelhecimento ativo”, disse ela.
 
Clélia Reis também falou sobre a doença de Alzheimer, segundo ela, uma enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas que pode e deve ser tratada. “É raríssimo os casos de Alzheimer antes dos 50 anos. Quase todas as suas vítimas são pessoas idosas”, explica ela.

De acordo com a especialista, a doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. “Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família”, disse a gerontóloga.

Social
Os servidores da Agência de Desenvolvimento um Habitacional estão participando de um ciclo de palestras desde o mês de agosto. São conteúdos que abrangem todo um contexto social como suicídio, feminicídio e agora qualidade de vida para o idoso.
 
“São reflexões a respeito da nossas vidas. A maioria dos servidores públicos não estão preparados para a aposentadoria, por exemplo. Estamos discutindo hoje, um assunto de extrema importância, quase toda família tem um idoso que precisa de cuidados especiais. Nossa preocupação é orientar os servidores no sentido de envelhecerem com saúde e qualidade de vida”, afirma Gilvana Gayoso.

Autoria: Rita Lúcia