13 Setembro, 2017 16:48

Estudantes são orientados sobre como prevenir traumas

A ação faz parte da campanha Neuro em Ação, promovida pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.

Uma aula diferente na qual o assunto principal é a prevenção de traumas e o aprendizado é a conscientização. Assim, centenas de estudantes de escolas públicas e privadas de Teresina estão participando da campanha Neuro em Ação, da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
  
“Estamos formando alunos como multiplicadores sociais. Educando sobre o significado da vida e a importância de pequenos cuidados no dia a dia, que fazem toda a diferença”, aponta o médico neurocirurgião Benjamim Pessoa Vale.

O risco do uso de celular ao volante, do mergulho em águas rasas e das más posturas corporais chamam a atenção e têm provocado os jovens estudantes. “E qual é a proposta de intervenção para a redução desses traumas”, questiona Elisandra Santos, de 18 anos, após palestra realizada nesta quarta-feira (13), na Unidade Escolar Martins Napoleão, no bairro Promorar.

Segundo o médico Benjamim Pessoa Vale, presidente voluntário da Associação Reabilitar, que coordena o Projeto Pense Bem Trauma no Piauí, um programa está sendo elaborado. “Vamos apresentar uma proposta para o poder público, com ações educacionais e punitivas, visando à prevenção e redução de traumas”, aponta.
 
Desde segunda-feira (11), quando a campanha Neuro em Ação foi lançada, dez escolas, faculdades e universidades já receberam palestras. Somente no primeiro dia de ação, um público com mais de mil estudantes foi alcançado.

A programação segue até a próxima sexta-feira (15), com mais sete palestras em diferentes bairros da capital. A ação, realizada pelo Projeto Pense Bem Trauma e pela Sociedade Piauiense de Neurocirurgia, conta com a participação de ligas acadêmicas de medicina, neurologia e neurocirurgia das universidades Federal e Estadual do Piauí e de faculdades particulares.

Autoria: Cláudia Alves

Tags: