14 Março, 2019 13:54

Defensoria levará ação de cidadania e saúde para o Centro de Internação Feminina de Teresina

Atividades acontecerão no dia 25 deste mês de março, a partir das 8h30

As oito meninas que se encontram atualmente cumprindo medidas socioeducativas no Centro Educacional Feminino (CEF) que abriga adolescentes em conflito com a Lei em Teresina, irão receber, no próximo dia 25, a partir das 8h30, a ação de Cidadania e Saúde desenvolvida pela Defensoria Pública do Estado do Piauí. A referida ação é parte do Programa Defensorial de Assistência Integral ao Preso (Prodaip).

No Centro, além dos exames para detecção de diabetes e aferimento de pressão arterial para diagnóstico e controle da hipertensão. Será ministrada, por um profissional da Secretaria de Assistência Social do Estado (Sasc), palestra sobre prevenção ao diabetes. A ação terá ainda o diferencial de contar com curso de automaquiagem, ministrado por um consultor da Vult Cosméticos. Os kits de maquiagem para o curso foram adquiridos pela Defensoria por meio de doação.

A coordenadora do Centro Educacional Feminino, Adriana Cleia Carvalho da Silva, vê com otimismo a presença da Defensoria Pública no espaço para abordagem de questões relacionadas à saúde e bem-estar. “Reapresenta a valorização de direito as adolescentes privadas de liberdades neste mês alusivo à mulher, objetivando a elevação da autoestima das adolescentes através dessa parceria”, afirma.

A coordenadora do Sistema Prisional da Defensoria Pública, defensora pública Sheila de Andrade Ferreira, confirma que a intenção é contribuir para melhorar a qualidade de vida, bem como para elevar a autoestima das internas. Segundo Sheila de Andrade “mais do que a atuação judicial esse Projeto evidencia o aspecto social da Defensoria Pública e mostra de forma clara que há possibilidade de resgate, pela educação, de menores infratores sem contar exclusivamente com meios coercitivos e punitivos e que também há como reinseri-los na sociedade sem traumas adicionais e o mais importante, sem contar com rotulações para tal”, afirma.

A ação de Cidadania e Saúde é desenvolvida pela Defensoria Pública do Estado do Piauí, com órgãos e entidades parceiras e tem alcançado resultados positivos junto a menores que se encontram em centros para cumprimento de medidas socioeducativas, bem como junto a reeducandos e reeducandas nas unidades prisionais do Piauí.

Autoria: Ângela Ferry
Tags: