05 Dezembro, 2018 18:18

Pré-Enem PPL: reeducandos são preparados para exame

Este ano, o Enem PPL - Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade, e Jovens sob Medida Socioeducativa que inclua privação de liberdade - será aplicadas nos dias 11 e 12 de dezembro. O Enem 2018 PPL obteve 41.044 inscrições e será aplicado em 1.436 unidades em todos os estados brasileiros. 
 
No Piauí, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), vem disponibilizando o Pré-Enem PPL, ciclo de revisões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nas unidades prisionais do Piauí visando preparar as pessoas privadas de liberdade (PPL) para o exame.
 
O secretário da Educação, Hélder Jacobina, destaca o Pré-Enem PPL como uma política pública de extrema importância para o estado do Piauí. "Temos essa parceria com a Sejus desde 2015, que tem rendido frutos excelentes. Nossa perspectiva enquanto Governo do Estado é sempre ampliar cada vez mais o acesso à educação, oferecendo a oportunidade para que quando os reeducandos tenham uma profissão ou acesso ao Ensino Superior, ao alcançar a liberdade", garante Hélder Jacobina.
 
 
Até a data do exame, aconteceram revisões para os reeducandos nas unidades prisionais de Teresina, Altos,  Picos, Oeiras , Floriano, Bom Jesus e Esperantina. Cada unidade terá um responsável pedagógico que, entre outras atribuições, autorização para acessar os resultados dos participantes e pleitear uma vaga no Sisu - Sistema de Seleção Unificada e em outros programas de acesso ao ensino superior.
 
Assim como no Enem regular, no primeiro dia do Enem PPL, serão aplicadas as provas de Linguagens e Códigos, além de Ciências Humanas e tecnologias voltadas para as duas áreas e a redação. Já no segundo dia do Exame serão avaliados os conhecimentos em Ciências da Natureza e Matemática e tecnologias aplicadas nas duas questões.