06 Junho, 2019 10:46

Sesapi capacita profissionais da saúde para prevenção da pré-eclâmpsia

O primeiro território a receber o curso foi o dos Carnaubais.

Ascom Sesapi
Atividade no Hospital Regional de Campo Maior (Ascom Sesapi)

A Coordenação da Saúde da Mulher da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) capacita médicos e enfermeiros obstetras para a prevenção da pré-eclâmpsia. O primeiro território a receber o curso foi o dos Carnaubais.

O curso é voltado para os profissionais dos 16 municípios dessa região, que trabalham na atenção básica, e ocorreu no Hospital Regional de Campo Maior, que passou a contar com um setor de obstetrícia.

“Nós vamos treinar esses profissionais para que possam diagnosticar a doença no momento do pré-natal e já realizar o tratamento, para evitar problemas no decorrer da gestação e no momento do parto”, lembra a coordenadora da Saúde da Mulher da Sesapi, Alzenir Moura Fé.

 Além dos médicos e enfermeiros, o curso também conta com a participação dos gestores de saúde dos municípios, que firmaram um pacto de colaboração para o fornecimento de medicamentos necessários para a prevenção da doença. “Nós precisamos da ajuda dos gestores da atenção básica, pois são eles que vão fornecer as duas medicações (AAS e cálcio) necessárias para prevenir a pré-eclâmpsia”, afirmar a coordenadora.

A pré-eclâmpsia é uma condição rara e séria, e é um dos aspectos importantes a se observar durante a gravidez. Os principais fatores de risco são: doenças autoimune, diabetes mellitus, gestação múltipla atual, hipertensão crônica, hipertensão gestacional anterior, raça negra, intervalo interpartal maior que cinco anos, obesidade, fatores socioeconômicos desfavoráveis e doença renal.

O programa de capacitação dos profissionais da saúde, para a prevenção da pré-eclâmpsia, faz parte do Plano Estadual de Ação Contra a Mortalidade Materno e Infantil. “Até o fim do ano, todos os territórios piauiense receberão esse treinamento, que nos ajudará a reduzir ainda mais os casos de mortalidade gestacional”, ressalta Alzenir Moura Fé.

Autoria: Amanda Dourado
Tags: