13 Novembro, 2017 16:16

Cooperativa recebe investimento do Programa Viva o Semiárido e é lançada em Betânia do Piauí

A cooperativa da Chapada do Itaim reúne mais de 300 cooperados.

Ascom SDR
(Ascom SDR)

No último sábado (11), cerca de 500 pessoas participaram da solenidade de implantação da Cooperativa de Produtores e Produtoras da Chapada do Vale do Rio Itaim (Coovita). O evento aconteceu na cidade de Betânia do Piauí e teve início constituição da cooperativa, votação do estatuto, eleição da diretoria e presidência. 

Participaram do evento o secretário do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma; o diretor estadual de Inclusão Produtiva da SDR, Francisco das Chagas Ribeiro; a superintendente de Planejamento Estratégico da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), Rejane Tavares; o secretário de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, Luís Coelho, além de outras autoridades locais e representantes de instituições bancárias; do Sebrae, do Emater, Adapi, Fetag, Sindicatos de Trabalhadores Rurais, técnicos e criadores de toda a região.

Em sua fala, o secretário Francisco Limma evidenciou e parabenizou a iniciativa dos criadores e destacou a parceria com o Governo Estadual para a efetivação de políticas voltadas ao desenvolvimento produtivo do Piauí. Ao final da solenidade, membros da diretoria da Coovita homenagearam o gestor e os técnicos que acompanharam o processo de formalização da cooperativa.

Coovita

Com mais de 300 cooperados e um rebanho inicial com mais de 25 mil caprinos e ovinos, a Coovita surge como uma nova entidade com a função de congregar criadores da região, visando a organização da produção e o avanço no beneficiamento de carne e na comercialização.

A cooperativa tem o acompanhamento dos consultores do Programa Viva o Semiárido, coordenado pela Diretoria de Inclusão Produtiva da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Piauí (SDR). A assessoria jurídica foi realizada pelo advogado especializado em cooperativismo Daniel Turílio Rech.

Atualmente, 21 associações distribuídas em oito municípios do território - Acauã, Betânia, Curral Novo, Itainópolis, Jacobina, Jaicós, Paulistana e Queimada Nova - foram contempladas ou estão em fase de atendimento pelo Programa Viva o Semiárido, atendendo 1.227 produtores e resultando num investimento superior a R$ 9,6 milhões.

Autoria: Diego Barlo