12 Abril, 2019 14:25

Governo inaugura novas escolas e anuncia cursos superiores no residencial Jacinta Andrade

O Residencial Jacinta Andrade será uma das comunidades com o ciclo completo da educação.

Na manhã desta sexta-feira (12), quando foram inauguradas as novas instalações de duas escolas em um dos maiores conjuntos habitacionais de Teresina, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) comemora a alta taxa de acesso à educação pelas crianças e jovens no estado, além da presença de todos os níveis de ensino, do infantil ao superior, no Jacinta Andrade, zona norte da capital, onde a comunidade será beneficiada em breve com a oferta de dois cursos superiores.

Uma realidade animadora quando se leva em consideração que no início deste século, mais da metade dos municípios do Piauí não tinham Ensino Médio. O secretário Ellen Gera Moura ressalta que a educação básica e a profissional já foram universalizadas no Piauí e agora caminha para ser o primeiro estado do Brasil a universalizar o acesso ao vestibular e acesso ao Ensino Superior. "A comunidade do Jacinta Andrade esse ano será contemplada com dois vestibulares, um pela Universidade Aberta do Brasil e outro pela Universidade Aberta do Piauí. O Jacinta Andrade será uma das comunidades da capital com o círculo completo da educação", afirma o secretário.

 

 

Na solenidade de inauguração do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Corina Machado Vieira e da Unidade Escolar José Pires Gayoso de Almendra Freitas, o governador Wellington Dias, a vice-governadora Regina Sousa, deputados estaduais, federais e vereadores se fizeram presentes visto que os espaços educacionais irão beneficiar centenas de crianças, jovens e adultos que tinham uma certa carência de mais escolas próximo de casa.

 

 

O governador Wellington Dias acompanhou todo o processo desde o início do residencial. "Aqui, já repassamos uma das escolas do nível inicial e ensino fundamental com a prefeitura de Teresina, e agora estamos entregando mais duas escolas que vão trabalhar com o Fundamental maior, principalmente o Ensino Médio, Mediotec e a Educação para Jovens e Adultos", declarou. Segundo ele, a prioridade é o ensino profissionalizante. "A ideia é trabalhar fortemente essa área da profissionalização. São investimentos de cerca de três milhões de reais e que vão atender toda essa região garantindo atendimento próximo de onde as pessoas vivem", acrescentou.

 

 

Durante sua fala oficial, o secretário Ellen Gera Moura destacou dados de que o ensino público no Piauí está avançando. "Um dos grandes desafios da educação é o acesso, que é primordial para conseguirmos o desenvolvimento. Dados do Censo mostram o Piauí como o segundo melhor estado do país no acesso às escolas entre crianças de 4 a 5 anos com 97.5%; e entre os jovens de 15 aos 17 anos com 93.5%. E esse projeto de ensino conduzido pelo governador desde 2013 nós temos que registrar", pontuou.

 

 

Atualmente, no Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Corina Machado Vieira são 510 alunos estão matriculados regularmente, divididos nos turnos tarde e noite, nas modalidades Ensino Fundamental II, Ensino Médio Integrado e Regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA e PROEJA). A nova estrutura tem capacidade para atender quase dois mil alunos.

 

 

O diretor do Ceep, professor José Craveiro Filho, que acompanhou todo o processo de implantação das novas instalações, afirma que esta é mais uma oportunidade para a população. "Esse novo prédio facilitou muito o acesso à educação na comunidade. Os moradores, que antes tinham que sair do bairro para estudar agora não precisam mais se deslocar para outras escolas", avaliou.

A escola é fruto de uma parceria da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH). O investimento de R$ 1.278.875,01 foi aplicado na construção de 17 salas, incluindo quatro salas de aula, pátio com palco cobertos, dependências administrativas, laboratório de informática, biblioteca, banheiros, vestiários e passarela. 

Autoria: Ranielly Veloso