09 Novembro, 2018 14:24

Governador debate implantação do Plano para Classificação de Detentos

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta sexta-feira (9), no Palácio de Karnak, com o secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira e o deputado federal Fábio Abreu. Na ocasião, trataram sobre os próximos passos do Plano Operacional para Classificação de Detentos do Piauí. 

O objetivo é organizar os presos do estado de acordo com o grau de periculosidade, em baixo, médio e alto risco. Com isso, o governo busca dar resolutividade a problemas de segurança pública de curto, médio e longo prazo. A ação de classificação também vai dar suporte ao sistema penitenciário no combate e na prevenção de ações de grupos criminosos no interior dos presídios.

O Plano delega à Secretaria de Estado da Justiça a adaptação e transformação de três unidades prisionais da região da Grande Teresina para receber presos de alta, média e baixa complexidades. À Secretaria de Estado da Segurança compete a elaboração de um plano de combate e prevenção ao crime organizado no sistema penitenciário. 

O Piauí será o primeiro estado brasileiro a ter a separação de acordo com a lei. A metodologia é baseada na que é aplicada em presídios de países referência no setor carcerário, como o Canadá. "Presos de alta, média e baixa periculosidade, ficarão em presídios adequados a seus perfis. Será levado em consideração o crime que ele cometeu e o perfil psicológico e psiquiátrico constante em laudo específico”, afirmou Wellington Dias.

Autoria: Redação Ccom

Tags: