18 Julho, 2019 16:14

Projeto ODS Piauí pauta encontro de jornalistas

Fábia Adriana Vieira
Evento realizado hoje no Fazendaria Café (Fábia Adriana Vieira)

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)/Piauí realizou, nesta quinta-feira (18), evento para divulgação do trabalho que vem sendo desenvolvido em parceria com o Governo do Estado e para apresentação da forma que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) trabalhados no estado.

Para fortalecer o desenvolvimento humano sustentável no Piauí por meio da implementação da Agenda 2030, o Governo do Estado e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançaram, em 2018, o “Projeto ODS Piauí”. A iniciativa envolve representantes do setor público, do setor privado e da sociedade civil na promoção de diálogos, fortalecimento de políticas e alinhamento de estratégias para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no estado.

Por meio do projeto, são promovidas iniciativas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico e a sustentabilidade ambiental, de forma integrada. Vale do Itaim, Serra da Capivara e Cocais são os primeiros territórios diretamente impactados pelo projeto. Em uma segunda etapa, as experiências e as boas práticas geradas dessas regiões serão replicadas em todo o Estado.

Maurilo Oliveira, representante do PNUD no Piauí, explica que o projeto que o PNUD desenvolve no Piauí em parceria com o Governo do Estado visa melhorar a implementação de programas de planejamento para acelerar o processo de desenvolvimento. “Esse projeto tem módulos territoriais, inicia pelo Território do Itain e pretende ser estendido para os demais territórios”, explica ele.

O PNUD já realiza levantamento de dados para a criação de diagnósticos e posteriormente identificação de aceleradores capazes de elevar a capacidade da sociedade, poder público e iniciativa privada de trabalhar de uma forma mais eficaz o planejamento para  atingimento dos ODS.

Rejane Tavares, superintendente de Planejamento Estratégico da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), participou do evento e chamou a atenção para o tamanho do desafio. “Os ODS são uma pactuação de diversos países no mundo para que se possa manter a sustentabilidade ambiental, social e econômica do planeta, então é uma nova forma de pensar o desenvolvimento e de pensar a vida na Terra”, diz Rejane.

A superintendente reforça que o Piauí esta norteando todo o seu processo de planejamento e construção de suas ações para os próximos 12 anos em cima dos ODS, trabalhando com o objetivo de contribuir para que os ODS possam ser consolidados. “É uma longa caminhada. Nós temos desafios sociais econômicos e ambientais enormes, mas os ODS dão uma luz na forma de como a gente conduzir as problemáticas do estado”, completa Rejane.

Projeto ODS Piauí fortalece desenvolvimento humano sustentável no Estado
Com a inauguração de um escritório de projetos no Piauí em 2018, o PNUD apoia o governo estadual e as gestões municipais na implementação de ações que dialogam com o cumprimento das metas da Agenda 2030 para promover o desenvolvimento humano sustentável no Estado.

Em dezembro de 2018, foi apresentado, em Teresina, o “Diagnóstico do Piauí à Luz dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”. O documento destaca números sobre pobreza, educação, renda, gênero, acesso à água potável e informações sobre desigualdades. Com a apresentação do diagnóstico e a identificação dos aceleradores, os órgãos públicos, o setor privado e a sociedade civil poderão identificar as proridades locais e direcionar as políticas com foco no cumprimento das metas dos ODS.

Resultado do "Projeto ODS Piauí", o diagnóstico mede o avanço de metas específicas da Agenda 2030. O documento será atualizado anualmente, levando em conta as particularidades de cada um dos 12 territórios do Estado. Por meio do projeto, serão produzidos diagnósticos específicos para cada território.

O “Projeto ODS Piauí” tem o apoio da ContourGlobal, da Chesf e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

IDH
De acordo com dados do Atlas de Desenvolvimento Humano (plataforma que reúne informações sobre Longevidade, Renda e Educação), o Piauí ocupa a 24º posição, entre as 27 unidades federativas brasileiras, no Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM). A dimensão que mais contribui para a o IDHM do Estado é a Longevidade, com índice de 0,777, seguida de Renda (0,635) e de Educação (0,547). Entre 2000 e 2010, a população do Piauí cresceu a uma taxa anual de 0,93% e o Estado tem 3.118.360 habitantes. A expectativa de vida ao nascer subiu de 60 anos (1991) para 71 (2010).

Agenda 2030 e os ODS

A Agenda 2030 foi aprovada em 2015 pelo países-membros das ONU. A Agenda tem o plano de erradicar a pobreza, promover o crescimento econômico e a sustentabilidade do planeta, de forma integrada, até 2030. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são parte da Agenda 2030 e formam um plano de ação para que governos, setor privado, sociedade civil, academia e mídia trabalhem de forma conjunta para garantir a sustentabilidade do planeta.

Autoria: Fábia Adriana Vieira