23 Outubro, 2018 13:30

Curso de Agronomia da Uespi promove palestras sobre doação de sangue e intercâmbio

O Hemopi também esteve presente na universidade com uma palestra voltada a doação de sangue e de medula óssea

Curso de Agronomia promove palestras sobre doação de sangue e intercâmbio

Alunos e professores do curso de Agronomia da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) realizaram na manhã desta terça-feira (23) palestras em comemoração ao Dia do Engenheiro Agronômico.

A atividade teve início com a palestra da técnica em Agrícola e aluna do 10° período do bacharel em Engenharia Agronômica, Lucrécia Pacheco, que relatou a sua experiência durante  intercâmbio na Itália. “Foi um período que aprendi sobre os projetos deles, como se desenvolve a agricultura na Itália, e também uma troca de conhecimentos. Passei a valorizar muito mais o nosso conhecimento local, principalmente da Prefeitura de Teresina que trabalha com hortas urbanas. Teresina está muito avançada e temos muito a mostrar”, disse a estudante.

A professora e orientadora de Lucrécia, Francineuma Arruda, destacou a importância desses intercâmbios. “A nossa participação, eu enquanto orientadora e o CCA enquanto instituição, foi de apoiar e incentivar. Acredito que isso é uma experiência ímpar na vida de qualquer profissional. Você ter a oportunidade de vivenciar a parte cultural, técnica e científica, é viver uma outra realidade”, explica.

O Hemopi também esteve presente na universidade com uma palestra voltada a doação de sangue e de medula óssea. A assistente social e supervisora em capacitação de doadores do Hemopi, Suzane Rocha, falou da relevância em ser um doador. “Estamos aqui para conscientizar e sensibilizar sobre a importância de você ser um doador. Nós atendemos todo o estado do Piauí com distribuição de bolsas de sangue. O nosso trabalho é de captar doadores, atendendo as solicitações do estado”, disse a representante do Hemopi.

A programação se prolongará até o dia 25 de outubro, com o projeto “Adote uma muda”, na avenida Raul Lopes. “Vamos fazer uma distribuição de mudas em troca de alimentos não perecíveis, roupas e ração para animais. É uma forma da gente contribuir com a sociedade para se plantar mais árvores, diminuir a questão da temperatura e integrar os nossos docentes e discentes a sociedade”, disse a professora. Além disso, no mesmo dia, o Hemopi  fará o transporte de pessoas interessadas na doação de sangue até o hemocentro.

Tags: